Barra de navegação

22 de jul de 2010

Por que é difícil esquecer um amor?


 A ciência explica o que nem o tempo apaga



ATENÇÃO! HOJE ESTOU "MEIO" ROMANTICO
A Folha.com.br traz os resultados de uma pesquisa que tenta entender o que muitos apaixonados não entendem: por que é tão difícil esquecer um amor? O neurologista Antoine Bechara, da Universidade de Iowa nos Estados Unidos, descobriu que a dificuldade vem de um conflito cerebral. As impressões formadas durante o relacionamento (que não se relacionam às memórias) ficam registradas no cérebro que, involuntariamente - mesmo sem a intenção do apaixonado, mesmo sem o outro fazer parte da vida dele, mesmo sem que se queira relacionar novamente com o outro -, provoca reações físicas que sequestram os pensamentos do indivíduo dificultando tanto o esquecimento quanto a mudança de foco, o que pode impedir a pessoa de amar novamente. E será que o tempo apagaria esse amor? "Não apaga. Esse sentimento é próximo ao dos vícios", diz o neurologista.


Então, o que se pode fazer? O pesquisador indica: reforçar as emoções negativas ligadas à pessoa (sim, odeie a pessoa!), ficar longe da pessoa (como um viciado em drogas deve ficar longe das drogas) e se esforçar em mudar o foco (arranje outro amor), pois ficar só não ajuda a superar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nos indicamos...

Related Posts with Thumbnails

Tabela do Brasileirão

Carregando tabela de Central Brasileirão...
Tabela gerada por Central Brasileirão