Barra de navegação

25 de mar de 2010

Como é a visão dos cães?


Muita gente acha e diz por aí que os cães enxergam em preto-e-branco.
Para quem não sabe, os cães enxergam sim em cores, não da mesma maneira que nós, mas enxergam. Para os cães, as cores verde, amarelo, laranja e vermelho não têm diferença nenhuma. É uma espécie de daltonismo. Mas eles conseguem diferenciar as cores violeta, azul e verde (é estranho, mas é isso mesmo).
Muitos estudiosos crêem que o cão enxerga um tom de amarelo quando olha para as cores vermelho, verde e amarela, e seria exatamente por isso que ele não conseguiria diferenciá-la. Em resumo, os cães enxergam cores, mas com menos matizes e menos precisão que nós, que conseguimos diferenciar cerca de 10 milhões de cores e combinações diferentes.
Por outro lado, eles tem a capacidade de perceber tantos tons de cinza que é quase impossível testar completamente este talento, em função de nossas próprias limitações. A explicação mais aceita para este fenômeno é que os canídeos antigos, antepassados de nossos cães, eram caçadores noturnos e a diferenciação dos tons de cinza era muito mais importante que a visão das cores.
E como todos os predadores, os cães identificam rapidamente objetos em movimento. Isso era fundamental para seu bom desempenho na caça. Ainda hoje existem numerosas raças que “caçam com a visão”, como os galgos, whippets e quase todos os lebréis. Este é um fator dos mais desenvolvidos na visão canina, podendo, em campo aberto, distinguir objetos do tamanho de um gato em movimento a quase 1.000 m. Por outro lado podem demorar a enxergar um objeto parado que você tenta mostrar a 1 metro de distância.
Por isso é mais fácil chamar a atenção de seu amigo com movimentos e sinais.
Portanto podemos afirmar que os cães não enxergam melhor ou pior que nós, apenas o fazem de uma forma diferente. =)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nos indicamos...

Related Posts with Thumbnails

Tabela do Brasileirão

Carregando tabela de Central Brasileirão...
Tabela gerada por Central Brasileirão